sábado, 10 de janeiro de 2009

Receio de investigação policial faz presidente da câmara de vereadores de Salvador renunciar o cargo.

Foto: Max Haack/Bahia Notícias


Vereador “bicheiro”, Alfredo Mangueira (PMDB).
.

No dia 02/01 este blogueiro publicou a seguinte noticia, “Novo presidente da câmara de vereadores de Salvador é "bicheiro". , muitas pessoas criticaram este Blogueiro em virtude da postagem, alegando que o jogo do bicho é uma atividade séria e legal.
.
Entretanto, depois de oito dias após a nossa postagem e consequentemente após a eleição do vereador “bicheiro”, Alfredo Mangueira (PMDB), para a presidência da câmara de vereadores de Salvador, ele renunciou a presidência.
.
O vereador alegou problemas familiares, porém, o motivo real foi a pressão do jogo do bicho, pois segundo informações, assim que foi eleito presidente da câmara, foi iniciada uma investigação policial contra o vereador Alfredo Mangueira (PMDB), e a banca “Para todos”.

5 comentários:

Pedro Gago disse...

E Milton Cerqueira aqui em Itabuna?

Anônimo disse...

Como este mal está impregnado no Brasil. Em Itabuna,Ilhéus, Salvador, Rio de Janeiro, Brasília... etc.. esses criminosos fazem o que querem...e a PF finge que não vê.. qual será o motivo? Alguém chuta aí?!

Anônimo disse...

Como este mal está impregnado no Brasil. Em Itabuna,Ilhéus, Salvador, Rio de Janeiro, Brasília... etc.. esses criminosos fazem o que querem...e a PF finge que não vê.. qual será o motivo? Alguém chuta aí?!

Anônimo disse...

O JOGO DO BICHO EM ITABUNA NUNCA TEVE O MESMO PERFIL DO JOGO DO BICHO DO RIO DE JANEIRO, SALVADOR E EM CIDADES ONDE AS APOSTAS DÃO ORIGEM AS MAZELAS QUE ENVERGONHA NOSSA NAÇÃO.
A UBI É UM EXEMPLO DE SERIEDADE, HONESTIDADE E RELEVÂNCIA DE SERVIÇOS PRESTADOS A COMUNIDADE ITABUNENSE.
EMBORA O VEREADOR MILTON CERQUEIRA SEJA UM ZERO Á ESQUERDA E NÃO SIRVA PARA PATAVINAS NA CÂMARA, HÁ DE SE CONSIDERAR QUE A UBI SEJA UM MODELO DE ZELO ERESPONSABILIDADE SOCIAL.
Fernanda Barros

Anônimo disse...

A UBI é uma entidade que merece nosso respeito e reconhecimento público, por suas atividades de geração de emprego e renda, apoio aos desportos, as causas sociais e a forma ordeira e humana com que trata seus servidores.
Fernanda Barros