segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Presidente do PMDB afirma que o prefeito é culpado por obra parada em Potiraguá


O presidente estadual do PMDB, Lúcio Vieira Lima esteve neste domingo em Itaimbé, distrito de Potiraguá. Lúcio estava acompanhado da Deputada Virgínia Hagge (PMDB) e do ex-prefeito de Potiraguá, Salvador Brito (PMDB).
.
Durante a visita Lúcio declarou que o Ministro Geddel Vieira Lima já enviou 33 telegramas para o prefeito de Potiraguá, Olyntho Moreira (PP), para da continuidade as obras das casas populares de Itaimbé.
.
Lúcio também afirmou que se encontra empenhado no Ministério mais de R$ 500 mil para continuação da obra. Entretanto, o atual prefeito até o momento não entrou em contato com o Ministro e não demonstrou interesse na conclusão da obra.

4 comentários:

Anônimo disse...

O prefeito acha que essa é uma obra de Salvador Brito e se esqueçe das pessoas carentes que tiveram suas casas derrubadas e estão morando de aluguel. Esse atual gestor não tem compromisso com o povo de Itaimbé. Prova disso é a água da lavanderia e do matadouro que ele mandou cortar.

Gilmar disse...

Nós temos que acabar com esta cultura maléfica no Brasil de um político não querer continuar a obra do outro. Isto é coisa de gente mesquinha e acaba prejudicando a população.
Doutor, deixe de hipocrisia a vá em busca dos recursos para terminar a obra das casas em Itaimbé. Não se esqueça que você teve uma expressa votação lá no Distrito.

Anônimo disse...

O único problema é que parece que o ex-prefeito se esqueceu de deixar o dinheiro em caixa, na conta, para a conclusão da obra....

Anônimo disse...

Ele mandou telegramas?
Ele tem essa cara-de-pau toda ou é ingênuo mesmo?
Só acredito vendo os comprovantes dos tais telegramas.
Vc viu blogueiro?