sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Nem freud explica

Em Itapé o comentário é que com a morte do assessor jurídico da prefeitura, Gênesis Neves Santos, a administração do prefeito Jackson Rezende (PP) perdeu a parte técnica.
.
Gênesis era o homem de confiança do prefeito, mas infelizmente faleceu vítima de um acidente automobilístico no último dia 20 de agosto.
.
O curioso é que Gênesis era criticado na cidade em função da sua maneira de administrar. Mas paradoxalmente as mesmas pessoas que o criticavam estão declarando que ele está fazendo falta.

2 comentários:

João Lins disse...

Olha, essa aí Freud explica sim... e sabe de q se trata? O peso moral q a morte impinge sobre essa existência vazia dos falsos honestos... Lembraram-se de q devem ser humildes diante da vida, pois a morte é o fim certíssimo da existência humana!

Anônimo disse...

ele fará muita falta não só a prefeitura de itapé, mas a todos que o cercavam! Mas como a vida continua, o prefeito terá que administrar com o que tem! A competente parceira do Dr. Genesis (Dra. Edla Andrade que também estava no acidente), está se recuperando para retornar as atividades na Assessoria em itapé.