quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Brasil recordista de farmácias

No Brasil há situações singulares que surpreendem. Em meio a toda a crise econômica, o setor das farmácias deve fechar o ano com um crescimento recorde de 12,5% em relação ao ano passado.
.
O número de farmácias no Brasil superou o de padarias. Hoje há cerca de 60 mil farmácias em todo o país, enquanto padarias estão em torno de 52 mil. Só para efeito de comparação temos hoje 25 mil escolas de ensino médio.
.
As farmácias faturaram no ano passado R$ 28 bilhões e este ano devem alcançar R$ 31,5 bilhões. Até grandes investidores estão de olho querendo comprar redes de farmácias e drogarias.
.
Não adianta culpar o mau hábito brasileiro da auto-medicação. Existe um outro fator relevante. Com hospitais e clínicas se descredenciando do SUS e com a rede pública, em petição de miséria, muitas pessoas, no lugar de enfrentarem horas na fila de uma UPA ou hospital sem saberem se no final da espera vão conseguir ser atendidas preferem ir direto à farmácia e comprar um remédio.
.
Como o poder aquisitivo das classes C e D aumentou, mais pessoas têm condições de comprar remédios.
.
Agora vejam o paradoxo. Pelo número de habitantes do Brasil, o recomendável dentro dos padrões da Organização Mundial da Saúde (OMS) seriam 30 mil farmácias. Temos 60 mil, o dobro. Em compensação hospitais, postos de saúde, leitos hospitalares são muito menos do que o recomendável.
.
Do blog do " Garotinho".

Um comentário:

Altamiro disse...

Sou Altamiro presidente do conselho regional de farmacia e gostei muito do fato desta absurda situaçao da farmacia, esta sendo discutida, ha a necessidade controle sobre a abertura de farmacia no pais, bem como a recuperaçao do conceito destes como estabelecimento de saude como e no mundo e nao como um comercio qualquer