quarta-feira, 18 de março de 2009

Primeiro caso de dengue hemorrágica em Potiraguá.

O prefeito de Potiraguá, Olyntho Moreira (PP), desde que assumiu a prefeitura está priorizando a contenção de despesa para fazer caixa e consequentemente mostrar serviço.
.
A prefeitura está realizando até o momento apenas os serviços básicos, a secretaria mais prejudicada é a de saúde, chegando ao ponto de o principal distrito, Itaimbé, está sem médico. Aliás, o Secretário de Saúde já pediu exoneração.
.
Por conta deste conjunto de fatores ora que surge o primeiro caso de dengue hemorrágica no município, uma moradora da cidade está internada em Itabuna com o quadro do tipo mais grave da doença.
.
Este blogueiro foi informado por alguns moradores da cidade que a prefeitura ficou dois meses sem colocar na rua a equipe de agentes da dengue, facilitando a reprodução do aedes aegypti.

7 comentários:

JUSTO disse...

Caro blogueiro,

Tenho uma sugestão construtiva a lhe fazer: antes de publicar suas notícias, mantenha um contato com as pessoas relacionadas na matéria, para que as suas informações sejam mais concretas.

Veja só:

Essa história de que o Prefeito de Potiraguá está "economizando para fazer caixa" É TÃO ABSURDA que todos na cidade sabem quem anda contando (adversários políticos que ainda não se conformaram com o resultado das eleições - uns poucos em especial).

Ora, como é possível fazer caixa se não existe sobra de dinheiro?

É simples conferir isso... é só entrar em contato com a administração municipal, pois, ao contrário de gestores anteriores, o atual Prefeito preza pela transparência em seu governo.

Quanto aos AGENTES DE COMBATE À DENGUE, note-se que estes eram INEXISTENTES quando o Prefeito assumiu em 1º de janeiro (aliás, só se sabe quem são os servidores por conta do recadastramento, já que não foi deixado nenhum documento, inclusive a relação dos funcionários, na Prefeitura).

Assim, foi necessário realizar a contratação de agentes, ficando alguns dias descoberto, porém, OS AGENTES JÁ FORAM CONTRATADOS E ESTÃO EM ATIVIDADE.

De relação a essa pessoa que estaria internada em Itabuna, não há conhecimento de tal fato no Município. Aliás, até agora, NÃO HOUVE CASO DE DENGUE CONFIRMADO NO MUNICÍPIO DE POTIRAGUÁ durante a atual gestão.

Portanto, pedimos esclarecimento de quem seja essa pessoa, se ela é mesmo de Potiraguá, se ela realmente está com dengue e se ela efetivamente contraiu a doença em Potiraguá ou em outro local (sem tais informações é muito difícil tecer qualquer comentário específico).

Atenciosamente,

Justo

Anônimo disse...

Caro colega Matheus, saudações.
Abaixo uma matéria nossa qual gostaria que postasse em seu blog.
Grato, seu colega Ivan Nilton.

Dengue sob controle em Camacan.
A cidade de Camacan a 76 km de Itabuna pode comemorar os baixos índices da Dengue no município. Afinal de contas a preocupação é ainda maior na região depois que os moradores assistiram a noticiários de Tv em rede nacional, da situação crítica em que passam os municípios de Itabuna, Floresta Azul e Jequié, onde existiram várias mortes causadas pela Dengue , principalmente pela hemorrágica. O Secretário de Saúde de Camacan Dr. Jáquisson de Deus Guimarães alerta que mesmo diante de índices toleráveis a população deve estar atenta e fazer a sua parte, fazendo varreduras em quintais, terrenos baldios e lajes para detectar possíveis criadouros do mosquito da Dengue. A Secretaria de Saúde do município tem feito um bom trabalho de campo com os Agentes da Dengue e também de informação junto a órgãos da mídia: Emissora de Fm local (Regional Sul Fm), carros de som, sonorização de rua da cidade e distritos e já está saindo do papel um projeto importante de conscientização através da arte. Dois núcleos de artes cênicas com artistas formados no próprio município estão sendo contratados para realizar peças teatrais em toda a rede de ensino da cidade, para que os alunos sejam agentes de conscientização junto a comunidade, levando as informações para seus pais e vizinhos.
Na última sexta feira de 13 de março no distrito de São João do Panelinha a Secretaria de Saúde realizou o mutirão da saúde de combate a dengue, que contou com a participação de vários alunos, agentes da dengue e voluntários que fizeram uma verdadeira varredura em todo o distrito. Na próxima sexta feira dia 20 é a vez de Leoventura receber o mutirão, que irá percorrer todos os distritos e também a sede do município.
Com Informações do Miolo Baiano

Anônimo disse...

Caro colega Matheus, saudações.
Abaixo uma matéria nossa qual gostaria que postasse em seu blog.
Grato, seu colega Ivan Nilton.

Dengue sob controle em Camacan.
A cidade de Camacan a 76 km de Itabuna pode comemorar os baixos índices da Dengue no município. Afinal de contas a preocupação é ainda maior na região depois que os moradores assistiram a noticiários de Tv em rede nacional, da situação crítica em que passam os municípios de Itabuna, Floresta Azul e Jequié, onde existiram várias mortes causadas pela Dengue , principalmente pela hemorrágica. O Secretário de Saúde de Camacan Dr. Jáquisson de Deus Guimarães alerta que mesmo diante de índices toleráveis a população deve estar atenta e fazer a sua parte, fazendo varreduras em quintais, terrenos baldios e lajes para detectar possíveis criadouros do mosquito da Dengue. A Secretaria de Saúde do município tem feito um bom trabalho de campo com os Agentes da Dengue e também de informação junto a órgãos da mídia: Emissora de Fm local (Regional Sul Fm), carros de som, sonorização de rua da cidade e distritos e já está saindo do papel um projeto importante de conscientização através da arte. Dois núcleos de artes cênicas com artistas formados no próprio município estão sendo contratados para realizar peças teatrais em toda a rede de ensino da cidade, para que os alunos sejam agentes de conscientização junto a comunidade, levando as informações para seus pais e vizinhos.
Na última sexta feira de 13 de março no distrito de São João do Panelinha a Secretaria de Saúde realizou o mutirão da saúde de combate a dengue, que contou com a participação de vários alunos, agentes da dengue e voluntários que fizeram uma verdadeira varredura em todo o distrito. Na próxima sexta feira dia 20 é a vez de Leoventura receber o mutirão, que irá percorrer todos os distritos e também a sede do município.
Com Informações do Miolo Baiano

Anônimo disse...

É verdade a coisa aqui em Potiraguá está preta. Os postos de saúde sem medicamentos, as ruas sujas, os distritos sem médicos, alunos sendo carregados em paus de araras, as estradas vicinais em péssimo estado. E não adianta querer por a culpa no ex-prefeito, por que mesmo a troncos e barrancos tudo isso funcionava no governo anterior.;

JUSTO disse...

Caro Anônimo,

"a troncos e barrancos"?

Só se fosse no "tronco" mesmo...

Não existe isso de falta de medicamentos, pois a Prefeitura adquiriu material e medicamentos de urgência para suprir o Município até a finalização do processo licitatório (obrigatório por lei**).

Agora, sem colocar a culpa a administração anterior, onde será que foram parar até o botijão de gás da Maternidade ou os lençóis ou os materiais para curativos ou os medicamentos básicos, que NÃO ESTAVAM LÁ QUANDO A ATUAL GESTÃO ASSUMIU? Mistérios...

Quanto aos médicos nos Distritos, mais uma vez, quando o Dr. deixou a administração em sua 1ª gestão, haviam médicos tanto na sede como nos distritos.

Porém, mais uma vez, não se sabe por qual motivo, quando se iniciou a atual gestão, mal havia médico na sede.

Esse problema, também já esta sendo solucionado, mas demanda um pouco te tempo, já que é necessário fazer concurso público ou, no mínimo processo simplificado de contratação (tudo como manda a lei**).

Ruas sujas?

Você está mesmo em Potiraguá?

Uma das primeiras coisas que foram feitas foi a limpeza nas nossas ruas. Um trabalho que tomou todo o pessoal da limpeza urbana.

A grande maioria das ruas já está limpa e o trabalho já está quase no final.

Lembrem-se de que, em algumas ruas o mato já havia tomado conta.

Está sendo feito, ainda, um trabalho de concientização da população para que não se jogue lixo e/ou entulhos nas ruas de forma desordenada.

Quanto à afirmação de que os alunos são transportados em pau de arara, TRATA-SE DE INFORMAÇÃO MENTIROSA, certamente proveniente de pessoa SEM QUALQUER COMPROMENTIMENTO COM A SERIEDADE.

Por fim, de relação à situação das estradas vicinais, mais uma vez, esbarramos na falta de verbas públicas para a recuperação das mesmas.

Poré, a atual administração está em busca de diversos convênios, inclusive um para angariar recursos para a recuperação das estradas vicinais (o que também será feito por meio de licitação - na forma prevista na lei**)




** Sabemos que é difícil para algumas pessoas seguirem as leis, mas A ATUAL GESTÃO TEM PLENO RESPEITO PELAS NORMAS que reguem o nosso País, o nosso Estado e, especialmente, o Município de Potiraguá.

A VERDADE NINGUEM ESCONDE disse...

Ao comentarista justo.
Voce parece que não reside em potiraguá ,vc dizer que desconhece o caso de dengue emorrágica em Potiraguá voce tá de brincadeira,ou melhor o fato acontecido não foi com ninguem da sua família né ,ou talvez voce tem o mesmo sentimento do Dr.ruidade,cruel e achar que tudo tá bom.
Para o seu conhecimento a pessoa que está com a doença ela mora na rua nova ,e os próprios parentes nos confirmam isso.
Ah! consulte o site do banco do brasil e veja voce mesmo se tá sobrando dinheiro ou não.
Em fim estamos de olho nesse dr.ruidade.....

JUSTO disse...

Para o que se auto entitula "A VERDADE NINGUÉM ESCONDE":

Meu caro, é claro que eu moro em Potiraguá! É que eu não gosto de passar informações que ainda não são do meu conhecimento.

O que eu disse foi que não sabia do tal caso de dengue naquele momento em que postei, mas agora já estou sabendo.

Inclusive, tomei conhecimento, ainda, que a pessoa a que você se refere contraiu dengue em viagem FORA DE POTIRAGUÁ.

Poderia ter acontecido em Potiraguá? É claro que sim, pois, infelizmente, nenhum lugar nesta região está livre desse mal... mas o fato é que a doença não foi contraída aqui.



OBS: Presto aqui a minha solidariedade à enferma e à sua família, pois já tive familiar com essa mesma doença e sei como é passar por isso. Vocês estão em minhas orações.